Os Quatro Motivos Que Definem A Sua Existência

È interessante falarmos do fator criação.Existe muita especulação por parte da ciência e por parte da religião no que diz respeito ao inicio da vida, ou da forma humana. Um cientista famoso conhecido como Charles Darwin desenvolveu ao longo de seus estudos hipóteses no que diz respeito a origem da criação, resquícios daquilo que poderia ter sido um motivo para que o ser humano chegasse a ser o que é hoje. Não tenho a intenção de rebater ou discutir a respeito, embora tenha ciência do jugo ser o certo e mais provável efeito que resultou no surgimento da raça humana. O mundo é dividido em três máximas quando se trata do fator criação.

1 A máxima da criação que prega a evolução e adaptação do homem ao longo do tempo trazendo assim um vago entendimento de que o homem não nasceu pronto (no meu ponto de vista) ele se completou por meu de uma evolução primata;

2 A máxima da criação onde prega o fator cri – acionista ou efeito religioso no qual se aclopa com o teo-centrismo (Período da historia onde Deus era considerado o centro do universo);

3A máxima do ateísmo, onde prega que não há razão maior do que a natural, ou seja, tudo acontece por motivação humana e meramente física, considerando assim a força do antropocentrismo (Período da historia onde o homem era o centro do universo).

Contudo quero enfatizar que a Bíblia não contem a palavra de Deus, ela é a palavra de Deus, isso a torna mais valiosa e rara do que qualquer documento histórico, mais profundo do que qualquer estudo ou descoberta arqueológica.

“Examinais as Escrituras, porque vós cuidais ter nelas a vida eterna, e são elas que de mim testificam” (João 5:39)

O que João escreve a cerca das escrituras é um desafio. Ele não diz apenas, leiam as escrituras ele diz examinai-as. Isso torna o fato de eu possuir uma Bíblia debaixo do braço mais serio e chocante ainda, pois quando a examinamos descobrirmos nela e por meio dela a pessoa de Deus e qual é a sua vontade para nós. Assim como um eletrodoméstico leva consigo no ato de sua compra um manual de instruções o ser humano tem consigo a Bíblia, que é o nosso manual de sobrevivência. O fato de existir pessoas “cabeludas” não anula a existência de cabeleireiros. De mesmo modo o fato de existir pessoas sofrendo não anula a existência de Deus, pois, assim como um “cabeludo” deve ir à busca do cabeleireiro para que este o corte o cabelo assim a humanidade deve ir em busca de Deus, pois ele nos conhece e sabe exatamente a onde está o “defeito”.

“Jesus, porém, respondendo, disse-lhes: Errais, não conhecendo as Escrituras, nem o poder de Deus.” (Mateus 22:27)

 

De acordo com a Bíblia vemos e entendemos os propósitos pelos quais fomos criados, resposta que nos ajudam a entender o por que e o pra que estamos aqui nesta terra.

 

 

 

1º Motivo de sua existência: Criados para sermos a imagem e semelhança do próprio Deus.

(Gênesis 1:26)

De acordo com o livro de gênesis o ato da criação foi propositalmente planejado. De acordo com a teoria do BIG BANG (uma explosão universal ocorrida no inicio dos tempos motivada por um desencadeamento de meteoros ) a vida surgiu através de uma explosão, ou seja uma espécie de acidente.Infelizmente muitas pessoas acham que nasceram por acidente, nasceram por conseqüência de uma atitude sexual impensada, frutos de um estrupo etc.. Contudo a palavra nos fala que o único que tem poder de dar a vida, de fazer surgir ou de criar alguma coisa é o nosso Deus, não há fonte de criação ou de vida a não ser por meio dele.

“Porque nele foram criadas todas as coisas que há nos céus e na terra, visíveis e invisíveis, sejam tronos, sejam dominações, sejam principados, sejam potestades. Tudo foi criado por ele e para ele.”( Colossences 1:16)

 

Isso nos leva a refletir que não somos uma acidente, nem uma conseqüência do acaso, e muito menos uma evolução primata (vertentes do macaco), somos um plano de Deus, pois só ELE tem o poder de dar a vida e tira-la, somos fruto de uma conversa entre o Pai, o Filho e o Espírito Santo. Já é hora da igreja começar a se parecer como o seu criador, já é hora de nos parecermos mais com Jesus, de termos o seu jeito de falarmos iguais a ele e de vivermos igual a ele . No livro de Lucas (Autor do 3º evangelho) Cap 14: 66 -71 vemos que Pedro ( aposto de Cristo) foi notado no meio do povo por se parecer com Jesus, não fisicamente mas o seu perfil o fazia parecido com Cristo, embora o tenha negado.Oro pra que o meu perfil esteja cada dia o mais parecido com o de Jesus ao ponto de ser confundido com ele.O fato de convivermos com uma pessoa nos faz a cada instante de convivência parecidos com ela, e é por isso que a Bíblia nos chama de cidadãos do céu, pois, saberemos se uma pessoa é mineira se ela fazer uso constante do termos “trem”, “uai”, “ocê” etc, assim também saberemos se uma pessoa é cidadã do céu se ela se parecer com o povo de lá.

 

“Mas a nossa cidade está nos céus, de onde também esperamos o Salvador, o Senhor Jesus Cristo.” (Filipenses 3:20)

 

2º Motivo de sua existência: Criados para dominar (Genesis1:26 part B)

Enquanto Deus planejava o homem ele desejou que o mesmo fosse parecido com ele em tudo, mais do que traços físicos, ele quis também que tivéssemos DOMÌNIO. É interessante que ELE mesmo especifica este domínio, e diz que, essa criatura teria certos diferencias das demais criaturas da terra e alem de tudo ela teria condições de dominar.É interessante pensarmos que, a palavra domínio está ligada diretamente a palavra AUTORIDADE, quando falamos de autoridade lembramos que autoridade é tudo aquilo que está acima de um determinado nível social, acadêmico ou outro qualquer que por meio desse fator tem plenas condições de domínio.A Bíblia diz que com o pecado do homem ele perdeu o domínio que Deus o havia dado. Porem de acordo com os evangelhos vemos que a enfermidades se submetiam ao domínio de Jesus (Mateus 4:23), os demônios se submetiam ao domínio e autoridade de Jesus, isso significa que toda vez que Jesus curava alguém, ou expulsava os demônios ele estava devolvendo ao homem o domínio perdido no éden. Enfim ele nos dá domínio sobre a miséria, sobre a depressão, sobre o pecado e sobre tudo o que se opõe a vontade de Deus na nossa vida.

“Eis que vos dou poder para pisar serpentes e escorpiões, e toda a força do inimigo, e nada vos fará dano algum.” (Lucas 10:19).

3º Motivo de sua existência: Criados para sermos macha e Fêmea (Gênesis 1:27 )

È interessante, que o próprio Deus nos definiu sem erro e nos criou homem (macho espécie do gênero masculino) e mulher fêmea (espécie do gênero feminino). Isso só comprova que no mundo que Deus planejou, na cabeça de Deus, não existe preconceito porem não existe concordância com o pecado, isso nos imputa, a saber, que a pratica homossexual é pecado de acordo com a Bíblia é condenável. Vivemos num mundo hoje onde a globalização nos faz ser aceitadores de um ato que corrompe a criação original da imagem de Deus. Trago isso em pauta neste blog, pois, é um terrível fator degenerativo presente inclusive dentro da igreja. É hora de sermos definitivamente a imagem e semelhança do nosso Deus. Deus não errou em fazer do homem, homem e da mulher, mulher, é o ser humano que erra em não conhecer as escrituras (o manual de instruções).

“Por causa disso, os entregou Deus a paixões infames; porque até as mulheres mudaram o modo natural de suas relações íntimas por outro, contrário à natureza; semelhantemente, os homens também, deixando o contacto natural da mulher, se inflamaram mutuamente em sua sensualidade, cometendo torpeza, homens com homens, e recebendo, em si mesmos, a merecida punição do seu erro”          (Romanos 1:26-27).

“Não sabeis que os injustos não hão de herdar o reino de Deus”? Não erreis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino de Deus.

(1º Corintios 6:9-10).

 

 

4º Motivo de sua existência: Criados para Multiplicar (Gênesis 1:28)

A palavra no diz que fomos criados para multiplicar, arrisco-me a dizer que fomos “programados” para isso, para darmos frutos, mas não é qualquer tipo de fruto, são frutos como nós que se pareçam conosco e que façam as mesmas coisas que fazemos. Isso não se aplica a inteferir-mos na autenticidade de ninguém alterando a sua personalidade, a intenção de dar frutos não criar robozinhos iguais a nós, porem se aplica ao fato de termos os nossos atos copiados por outro e que isso seja digno de honra e caráter concreto conforme Paulo (Apostolo de cristo natural de Tarso) nos ensina ao escrever sua primeira carta aos Corintios (Cap. 4: 16). O próprio cristo em uma de sua parábola nos lembra que fomos criados para sermos agente da multiplicação (Mateus 25:14-31)  parábola dos talentos) .

Jesus quando estava subindo ao céu deixou uma ordem bem implícita quando disse, “… ide e fazei discípulos de todas as nações…” em outras palavras ele disse, ide e dêem frutos em todas as nações, fazendo assim discípulos, ou seja, pessoas iguais a você. O fato de multiplicar é uma ordem para que assim como Adão e Eva foram criados para serem imagem e semelhança, terem domínio, serem macho e fêmea, Deus tinha a intenção de que o restante da humanidade fossem iguais a eles.Precisamos gerar frutos que tenham os sabores de Cristo, o sabor da paz, do amor, da misericórdia etc. frutos que sejam eternos e não temporários.

“O homem que morre e não deixa discípulos viveu em vão. O homem que morre e deixa discípulos vivera para sempre nem que seja nas atitudes de outras pessoas.”

 

“Não me escolhestes vós a mim, mas eu vos escolhi a vós, e vos nomeei, para que vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça; a fim de que tudo quanto em meu nome pedirdes ao Pai ele vo-lo conceda.” (João 15:16).

 

“Estai em mim, e eu em vós; como a vara de si mesma não pode dar fruto, se não estiver na videira, assim também vós, se não estiverdes em mim.” (João 15:4).

 

 

About these ads

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: